top of page
  • Foto do escritorRev. Luiz Henrique

JESUS NÃO DISSE: “venha como estás”.

Existe uma ideia muito errada das pessoas com relação a Jesus quando se trata de sua bondade. A teologia humanista tem Jesus como um homem bondoso que chama a todos e morreu por todos. Esse Jesus veio ao mundo e praticou bondade, amor, perdão e honrou o homem com sua presença, o tornando ilustre diante de Deus.

Mas esse Jesus, ao

não

O amor de Jesus pelas pessoas não o fez amá-las ao ponto de recebê-las como estavam essa é uma ideia humanista que diz “Deus odeia o pecado, mas ama pecadores”. Essa é uma ideia totalmente errada sobre Deus. Dizer isso é dizer que Deus concorda com a situação “de pecado” das pessoas, ao ponto de amá-las como elas “estão”.

O desejo de Jesus sempre foi RESTAURAR o homem para que ele possa voltar à comunhão com Deus, que é Santo.

A tarefa de Jesus na terra foi RESGATAR o homem do poder das trevas - na qual o homem estava impossibilitado de assim fazer por si mesmo , e em Jesus esse homem ser TRANSFORMADO em um novo ser , uma nova criatura <2co 5.17> com novas vestes , novo pensamento , novo proceder e uma nova vida .

ENTÃO, O QUE JESUS DISSE Aos pecadores?

  1. LHES DEU VIDA

No evangelho de João registra a encarnação do Verbo vivo que desceu do céu. Jesus se faz carne a habita entre nós e desde este momento nós já encontramos o resultado de Jesus na vida dos pecadores. O texto de diz que “A vida estava nele e a vida era a luz dos homens” .

Paulo nos diz que o pecado nos trouxe morte e esse pecado nos separou de Deus . Esses pecadores que estão mortos e separados de Deus agora, por intermédio de Jesus, eles tem a vida e vida em abundância. É impossível ser reconciliado com Deus estando ainda mortos em nossos delitos e pecados . Jesus deu sua vida para ser morto e ao terceiro dia ressuscitou para que o homem, por meio de Jesus, tenha sua vida ressuscitada nEle.

  1. ARREPENDA-SE

Jesus inicia seu ministério levando a todos os seu evangelho. E a palavra principal de seu Evangelho era “ARREPENDIMENTO”. Os pecadores que Cristo encontrava em seu caminha ele os advertia de seus pecados e os levava ao arrependimento.

Só com o arrependimento de pecados podemos entender o que significa ter Jesus em sua vida. Se não há arrependimento então não houve verdadeira conversão, o que houve foi um remorso pelo o que fez. Jesus quer pecadores arrependidos ao ponto de entender que a sua antiga pratica trouxe inimizade com Deus e o levou ao afastamento da comunhão plena com ELE.

  1. LEVANTE-SE E ANDE

Jesus encontra-se com muitos enfermos que ainda viviam em suas vidas naturais à queda. Jesus ao vê-los, não se fez nenhuma declaração de honra para aquelas pessoas. Ele não exaltou ou fez algo por elas sem exigir nada.

Jesus conhecia a necessidade deles, embora para eles fossem somente exteriores, mas para Jesus tratava de algo mais profundo. Jesus disse ao paralítico que foi trazido por seus amigos numa maca, e vendo a fé que eles tinham, disse ao homem “Homem, estão perdoados os seus pecados". .

A necessidade daquele homem era uma cura exterior e Jesus lhes dá uma cura muito maior, a cura interior – o perdão dos pecados.

Ao final Jesus disse “levante-se e ande”. Para esse homem havia a partir daquele momento uma postura a ser tomada. Sua vida naquele momento em diante havia tomado uma nova perspectiva diante de Deus. Ele foi perdoado de seus pecados e sua salvação foi garantida por meio daquele que lhes perdoou.

  1. Levantar-se e andar significa sair do lugar que o prende. Agora ele tinha a possibilidade de sair por ai testemunhando do que Jesus tinha feito em sua vida, não só curando sua deficiência física, mas também a sua deficiência espiritual.

É importante observarmos que o fato dele ter saído não foi movido por algo de si mesmo, pois ele estava nessas condições há muito tempo. Ele só teve a possibilidade de levantar e andar porque Jesus o fez andar com sua Palavra.

Assim também aconteceu com o paralítico desde nascença, que estava na porta do templo. Ele estava lá como de costume pedindo suas esmolas, uma situação que já se estendia por mais de quarenta anos. Até o dia que Pedro e João estão indo ao templo e encontra esse coxo, que lhes pede uma esmola. Pedro lhes diz “Olhe para nós, não temos ouro nem prata, mas o que tenho te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande” .

Foi uma palavra que fez toda a diferença para que aquele coxo tivesse sua cura. Pedro não disse em si mesmo para que o coxo fosse curado. Ele não buscou recursos em si mesmo, pelo contrario, segundo o que ele podia fazer não havia nada, nem ouro nem prata. Mas o poder do nome de Jesus curou aquele coxo e esse poder Pedro e João conhecia muito bem.

  1. Tomar a maca significa levar a sua cruz. Significa o espinho na carne para que ele se lembre de quem ele era antes de Cristo. Antes quando olhava para a maca ele via sua dependência dela. Sua vida estava presa àquela condição. Agora ao olhar para a maca ele pode se alegrar em saber que não precisará mais usá-la.

Tomar a maca o faz lembrar que sua restauração não dependeu dele ou de qualquer outro homem comum, pois muitos o ajudavam a “carrega-lo” com a maca. Sua cura veio unicamente de um Homem incomum, que agora o faz carregar ele mesmo a sua própria maca.

Esse é o verdadeiro Evangelho de Jesus. Um Evangelho de restauração, renúncia, arrependimento, perdão de pecados, salvação, libertação do império das trevas e reconciliação com Deus. Esse evangelho sim deve ser anunciado a todas as nações, pois ele fala de Jesus como o centro de nossas vidas.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fé inabalável | Salmo 125

O propósito deste salmo é, especificamente, apontar em que lugar aqueles que são fiéis ao seu Senhor, se encontram. Segundo o salmista, e...

Fiquem firmes | Efésios 6.14

Nesta passagem há um chamado importante para que venhamos nos vestir de toda a armadura de Deus; e o propósito disto não é apenas para no...

Sejam fortalecidos | Efésios 6.10

Tão certo como foi a nossa Queda em Adão, assim é a nossa restauração em Cristo Jesus. Ao escrever aos efésios, Paulo diz que tudo foi fe...

bottom of page